Envelhecimento e Qualidade de Vida

Você sabia que chegar à terceira idade, atualmente, já é uma realidade até mesmo nos países em desenvolvimento? Envelhecer e de forma saudável não é mais privilégio de poucos. O crescimento da população idosa acontece em escala mundial, e no Brasil está ocorrendo de forma bastante acelerada. Estima-se que até o ano de 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, um número superior a 30 milhões de pessoas.

Longevidade

O envelhecimento é entendido como a passagem do tempo que torna a pessoa fisiologicamente e cognitivamente mais velha, já que acontece um desgaste da saúde e, muitas vezes das funções cognitivas.

Longevidade é um desejo de quase todos nós, mas a nível social, o prolongamento da vida só pode ser reconhecido como uma conquista à medida que exista qualidade e saúde nos anos adicionais.

Mas, o que caracteriza a qualidade do envelhecimento?

Um envelhecimento saudável e com qualidade de vida deve considerar a capacidade funcional, autonomia, integração social, autossatisfação e, fundamentalmente, a prevenção, o cuidado e a atenção integral à saúde. Envelhecer com saúde deve ser um planejamento feito durante todas as fases da vida.

Então, para você que é jovem ou até mesmo para quem está chegando à terceira idade e quer se manter plenamente saudável e ativo, separamos abaixo alguns fatores e hábitos que podem aumentar a longevidade. Confira:

Cuide dos seus sentimentos e emoções!

O conceito de saúde não considera apenas o bem-estar físico, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), é necessário o bem-estar cognitivo e social para estar plenamente saudável. E é por isso que as relações sociais são tão importantes quanto aquelas que melhoram as condições físicas de saúde.

Autonomia

Manter a autonomia e independência durante o processo de envelhecimento é uma prioridade para muitas pessoas. A sugestão para que isso seja possível é realizar atividades prazerosas como esportes, danças, leituras e artesanato. Consultar rotineiramente um médico visando a prevenção de doenças e a promoção da saúde também é uma atitude importante neste momento.

Sabemos que nem sempre é possível fazer certas atividades, geralmente, devido a limitações ou outros motivos, mas são nestes casos que entra a participação dos familiares e pessoas próximas para ajudar o idoso a se sentir mais ativo e independente.

Alimente-se bem!

Consumir alimentos saudáveis, por meio de uma dieta nutritiva e balanceada é fundamental para viver mais. O consumo em excesso de alimentos ricos em açúcares, gordura saturada e sódio é a porta de entrada para o desenvolvimento de doenças e condições como: infarto, derrame, hipertensão, obesidade, diabetes e até câncer. Por isso, inclua no seu cardápio alimentos que ajudam na resistência e contribuem para a sua longevidade.

Movimente-se como puder…

Além de estimular a diminuição do peso corporal, a prática de exercícios físicos ajuda no fortalecimento das articulações e músculos, melhorando o equilíbrio, que é fundamental na terceira idade para evitar quedas e suas complicações.

Os benefícios dos exercícios vão muito além do físico, eles também aumentam a capacidade cognitiva e melhoram a autoestima, reduzindo acidentes e lesões degenerativas do aparelho locomotor e aumentando a sensação de bem-estar e felicidade.

Tenha contato com outras pessoas

Comprovadamente, pessoas com uma vida social ativa envelhecem melhor e têm maior qualidade de vida e longevidade. Para os idosos, principalmente, a solidão é um fator determinante na redução da expectativa de vida. Cercar-se de amigos, familiares ou pessoas queridas pode melhorar sobremaneira a qualidade de vida, mantendo, para ambos os lados, laços sociais mais fortes e saudáveis.

Comece hoje!

Se você leu este ARTIGO até aqui, lembre-se que nunca é tarde demais para melhorar a sua saúde e envelhecer de forma saudável. Muitas pessoas ainda pensam que não é possível mudar hábitos ruins já consolidados e mesmo que fizessem essa melhoria, ainda assim não teriam grandes resultados.

Mas, a verdade é que seja qual for a sua idade, ter uma boa convivência social, flexibilidade e hábitos saudáveis, como citamos anteriormente, pode fazer com que você viva mais e, acima de tudo, com saúde.

Aposte nestas mudanças. Comece hoje a construir o seu caminho para uma vida longa e saudável!

Referências

Trechos do livro Envelhecimento ativo: uma política de saúde, publicado pela OMS – Organização Mundial de Saúde.

https://www.aterceiraidade.net/envelhecimento-com-qualidade-de-vida/

Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações

https://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102009000300020&tlng=pt

Confira hábitos que favorecem o envelhecimento saudável

https://www.minhavida.com.br/saude/materias/11976-confira-habitos-que-favorecem-o-envelhecimento-saudavel

2018-12-03T18:30:23+00:00